Redes Sociais

Twitter censura presidente Jair Bolsonaro

Enquanto isso, o Twitter libera a vontade pornografia, inclusive de famosas garotas de programa
Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp

O perfil do presidente Jair Messias Bolsonaro foi censurado, na noite desta terça-feira (6), pela rede social Twitter. O presidente mostrava, com a prova em vídeo, a descaração que se tornou a ‘festa popular’ do Carnaval em todo o País.

Anúncios

A denúncia do presidente, entretanto, foi considerada ‘imprópria’ e apagada pelo Twitter. Isso que o vídeo mostrava cenas reais, apontadas – até com constrangimento – pelo presidente. Enquanto isso, o Twitter libera a vontade pornografia, inclusive de famosas garotas de programa. Vai entender né! A censura interessa a quem?

Em tempo: o vídeo mostrava um homem urinando na cabeça de outro, nu, em um bloco de Carnaval.

Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp
Anúncios

Deixe uma resposta