Mundo

Amigo da esquerda, Hamas defende publicamente morte de judeus

Pedem a morte de um povo e uma nação inteiras
Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp

Novo amigo da esquerda após atacar o presidente Jair Bolsonaro, o grupo Hamas é o pior tipo possível existente no mundo.

Anúncios

Em sua carta de ‘princípios’, divulgado publicamente, defende a morte de judeus.

E o fim de Israel.

Esses são as novas ‘vítimas da sociedade’ que a esquerda brasileira ama.

Curta O ALERTA no Facebook: clique aqui

Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp
Anúncios

Deixe uma resposta

close

Gostou do nosso site? Receba as notícias no seu e-mail!

Insira seu email: