Brasil Melhor

50 anos para despetizar ensino do Brasil!

A fala é de Wilson Ferreira Cunha, um dos poucos com coragem de enfrentar a esquerda nas universidades brasileiras
Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp

“Começa pelos reitores das instituições federais de ensino e até das universidades particulares, que são atrelados aos programas obsoletos do Ministério da Educação. Há um “puxa-saquismo” geral nos meios da Educação. É preciso tirar isso, o que será muito difícil, porque é um sistema orgânico inserido na Educação brasileira, que vai levar uns 50 anos”.

Anúncios

A fala é de Wilson Ferreira Cunha, professor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), e um dos poucos com coragem de enfrentar a esquerda nas universidades brasileiras.

Segundo ele, o lulopetismo institucionalizou um patrulhamento na Educação brasileira que pode ser comparado ao que viu quando estudou na União Soviética durante o período de Leonid Ilitch Brejnev, último ditador soviético.

Curta O ALERTA no Facebook: clique aqui

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp
Anúncios

Deixe uma resposta