Brasil Melhor Redes Sociais

Fátima Bernardes ‘lacrou’ com falso racismo e agora Globo vai dar direito de resposta

Emissora terá de dar à juíza o mesmo espaço que deu para a advogada
Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp

A TV Globo terá de dar direito de resposta para uma juíza que atua no Rio de Janeiro.

Anúncios

 

Em setembro de 2018, uma advogada negra foi algemada por desobediência durante uma audiência e alegou racismo da magistrada. Fátima Bernardes,que adora uma militância, deu espaço de sobra para a ”suposta vítima”, mas não ouviu a juíza.

O programa matinal da ex de Willian Bonner virou palco para pessoas e grupos atacarem a direita e o atual presidente da forma que querem.

Ainda no ano passado, o Tribunal de Justiça do RJ constatou que não houve racismo por parte da juíza.

Agora, a emissora terá de dar à juíza o mesmo espaço aberto para a advogada. Caso contrário, multa de R$ 50 mil por dia, que pelo contexto atual, seria uma punição e tanto para a Globo.

 

Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp
Anúncios

Deixe uma resposta