Polícia Política

Proteção descarada: Justiça não quer ‘expor imagem’ de marido de Verdevaldo

Coaf apontou R$ 2,5 milhões em "movimentações atípicas" do deputado
Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp

“Impacto negativo na imagem do investigado”.

Anúncios

Essa foi a justificativa do juiz auxiliar Marcelo Martins Evaristo da Silva.

Ele negou a quebra de sigilos bancário e fiscal do deputado federal David Miranda (PSOL-RJ).

Logo do marido de Glenn Greewald, craque em exposição.

Aquele que trabalha com dados roubados por hackers.

Mas quando mexe com o marido, aí é ‘exposição’.

Ou mesmo ‘vazamento ilegal’.

Como dizem, faça o que eu digo, não faça…

Curta O ALERTA no Facebook: clique aqui

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp
Anúncios

Deixe uma resposta