Brasil Melhor Política Redes Sociais

JN dá 7 minutos para o caso do porteiro, mas omite ameaça de morte a Bolsonaro

Emissora tem medo da popularidade do presidente
Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp

 

Jornal Nacional omitiu que um homem foi preso por tentar assassinar Jair Bolsonaro, em Três Corações (MG).

Anúncios

Mas no caso do depoimento falso do porteiro, a matéria ganhou mais de 7 minutos, o que para a televisão é um tempo gigantesco.

Não se sabe quais são as intenções da emissora em relação ao presidente, mas é possível sugerir que há um medo da notícia da ameaça de ataque elevar a popularidade do presidente. E isso para a Globo é inaceitável.

Foto: Ana Gomes – R7

 

 

Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp
Anúncios

Deixe uma resposta

close

Gostou do nosso site? Receba as notícias no seu e-mail!

Insira seu email: