Brasil Melhor Política Redes Sociais

CNJ pune juiz crítico de Gilmar, mas arquiva 10 denúncias de quem vende sentenças

Um dia é Tigrão no outro é tchutchuca
Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp

Conselho Nacional de Justiça tem dia que é tigrão, tem dia que é tchutchuca.

Anúncios

Para o desembargador que criticou Gilmar Mendes, o CNJ foi um ”tigrão” e do mais malvado.

Para o desembargador Gesivaldo Nascimento Britto, suspeito de vender sentenças na Bahia, o Conselho foi tchutchuca e arquivou dez procedimentos administrativos.

É este o Conselho comandado por Dias Toffoli, amigo de Gilmar Mendes.

Curta O ALERTA no Facebook: clique aqui

Foto: Sérgio Lima – Poder 360

 

Compartilhe nas redes sociais:
Whatsapp
Anúncios

Deixe uma resposta

close

Gostou do nosso site? Receba as notícias no seu e-mail!

Insira seu email: